eHealth e Telemedicina: a evolução da profissão

eHealth e Telemedicina: a evolução da profissão

 

Nas últimas décadas, com a evolução da tecnologia, muitos termos novos entraram para o vocabulário dos profissionais da saúde. Dois deles são o eHealth e a telemedicina, nomes para conceitos que têm muito em comum e que vem revolucionando o trabalho da área.

Aqui, falaremos sobre esses conceitos e como eles têm ajudado a desenvolver a área da saúde.

O que é eHealth

 

O eHealth, também chamado de saúde digital, é um conceito abrangente, que inclui o conjunto de soluções digitais que, aplicados à medicina, podem melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas.

Essa é uma forma de escalar a operação na área de saúde, estreitando a relação entre médicos e pacientes com o uso da internet em ferramentas como videoconferência, aplicativos e outras soluções, sem, necessariamente, aumentar os custos.

Em 2001, quando o termo começava a ser popularizado, o pesquisador norte-americano da área da saúde, Gunther Eysenbach, escreveu um artigo em que definia eHealth como serviços de saúde e informação que são realizados por meio da internet e de tecnologias relacionadas. Ainda, de acordo com o pesquisador, o conceito fica na intersecção entre informática, saúde pública e negócios.

De forma mais abrangente, também pode descrever não apenas um desenvolvimento da tecnologia, mas também uma forma de pensar, uma atitude comprometida em melhorar a saúde localmente, regionalmente e também no mundo ao usar a rede mundial.

No artigo, o pesquisador ainda cita aquelas que acredita serem as 10 principais qualidades da eHealth (em inglês, todas começam com a letra “e”): eficiência, qualidade, base em evidências, empoderamento, ética, educação, dentre outras. Mas, indo além do ambiente acadêmico, como o eHealth tem sido usado na prática?

eHealth na prática

Quase duas décadas se passaram desde que o termo eHealth começou a ser usado com mais frequência. Nesse meio tempo, fomos da internet discada à realidade virtual, do armazenamento em disquetes ao cloud computing.

O eHealth acompanhou esse movimento, e hoje abrange a interação entre médicos e pacientes, armazenamento de dados, Internet das Coisas e Inteligência Artificial.

Prontuários eletrônicos, sistemas para gestão de hospitais e outros têm ajudado clínicas a reduzirem custos e, ao mesmo tempo, melhorarem o atendimento aos pacientes, transformando as profissões da saúde.

Não só em países desenvolvidos, como Alemanha e Canadá, como em países em desenvolvimento, por exemplo Chile e Paquistão, tem-se obtido ótimos resultados com o uso de eHealth no atendimento a distância voltado a regiões isoladas, controle de endemias e administração de remédios.

 

O que é telemedicina

 

 

Se o eHealth é o uso da internet para transmitir informações da área da saúde, a telemedicina consiste em usar tecnologias da informação e comunicação para melhorar a saúde e o bem-estar dos pacientes, resolvendo questões como demora no resultado de exames e diminuição de custos.

Por muito tempo, a tecnologia da área da saúde esteve voltada mais para o desenvolvimento de intervenções cirúrgicas, diagnósticos e exames. O que, claro, é muito importante. Mas o desenvolvimento da tecnologia nos últimos anos permitiu também melhorar a gestão de clínicas e o atendimento aos pacientes.

Atualmente, por exemplo, depois de realizados os exames, já é possível enviar as imagens para uma plataforma digital armazenada na nuvem. Médicos especialistas, então, podem acessar o conteúdo, avaliar os exames e, por fim, emitir laudos, um processo que pode ser realizado rapidamente.

São ganhos que se refletem, principalmente, na produtividade das clínicas, mas que têm impacto positivo também no dia a dia de médicos e pacientes.

Como você pode ver, tanto eHealth quanto telemedicina se encontram em diversos pontos, além de ambos terem objetivos parecidos: melhorar a qualidade, eficiência e custos da saúde usando as tecnologias disponíveis.

Para conhecer uma solução de telerradiologia completa, convidamos você a conhecer a Onrad, uma fluida e eficiente solução para central de laudos online: clique aqui agora para fazer um teste gratuito por 14 dias, sem compromisso. Não requer cartão de crédito.

2018-07-06T18:57:38-03:00